Notícia

  • Compartilhe:
  • Envie para um amigo:

Convide Amigos


Valorização a vista - Novo Shopping na Freguesia


Freguesia, na Zona Oeste do Rio, terá shopping em área de antiga fábrica

Projeto prevê seis cinemas, um teatro e área de lazer com tirolesa.
Empresa anuncia ainda melhorias em saneamento e mobilidade.

 

Lilian Quaino Do G1 Rio

Shopping na Estrada dos Três Rios, na Freguesia (Foto: Divulgação/Nigri)Shopping na Estrada dos Três Rios, na Freguesia (Foto: Divulgação/Nigri)

Quem mora na Freguesia de Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio, e tem que enfrentar engarrafamentos para ir à Barra da Tijuca quando precisa ir a um shopping, vai ganhar um “presente de Natal” em 2017: um shopping no próprio bairro, na Estrada dos Três Rios, no terreno da antiga Fábrica de Papel Tijuca, bem no início da Autoestrada Grajaú-Jacarepaguá, com acabamento classe A e a garantia de preservação de 92% da vegetação nativa da área.

Segundo a incorporadora Nigri, responsável pelo projeto, o empreendimento é o início de uma evolução urbana para a Freguesia. Junto com o shopping, virão melhorias em saneamento e mobilidade. No mesmo terreno serão construídos, além do shopping, outro empreendimento comercial e um residencial.

“A Freguesia é o bairro com maior crescimento Rio, e de maior renda da região de Jacarepaguá. Mas não tem oferta de centros comerciais desse porte. Os moradores pediam um shopping na região. O público consumidor vai aos shoppings da Barra, o que causa impacto no trânsito”, disse Raphael M.Nigri, diretor da incorporadora.

Segundo explicou, o projeto começou a ser pensado há três anos. O terreno da antiga Fábrica de Papel Tijuca foi comprado em leilão, já visando já o shopping. Das ruínas da fábrica, o shopping manterá a chaminé.

“Todas as pesquisas mostraram que os moradores querem o shopping. Já temos um cadastro muito grande de pessoas com interesse em locar pontos, instalar lojas. Todas as lojas âncoras já estão confirmadas no evento. Teremos as melhores lojas do Brasil e muitas novidades”, disse.

  •  
As ruínas da antiga Fábrica de Papel Tijuca (Foto: Reprodução/Google Street View)As ruínas da antiga Fábrica de Papel Tijuca (Foto: Reprodução/Google Street View)

A região onde o shopping vai ser construído, na subida da Autoestrada Grajaú-Jacarepaguá, integra a Serra dos Pretos-Forros, um dos setores do Maciço da Tijuca, e ainda preserva áreas de Mata Atlântica. Os responsáveis pelo projeto garantem preservar a área verde.

“A área era uma antiga fábrica e a transformação de uso dela exige série de cuidados para não ter interferência pesada na vegetação típica. A gente está mantendo 92% da área do terreno preservadas como área nativa. É a maior conquista”, disse Nigri, explicando que a empresa atua com projetos certificados de sustentabilidade como o selo qualidade Leed.

Junto com a construção do shopping, a empresa vai canalizar por dois quilômetros o rio que passa pelo terreno e fazer a contenção de encostas. Em termo de compromisso firmado com a Cedae em 2014, a empresa se compromete a construir quatro quilômetros de rede de esgoto e água, o que vai melhorar o saneamento básico em toda a região da Freguesia.

Nigri afirma ainda que seu projeto recebeu elogios da CET-Rio por que vai reformular a área com passarelas, retornos e instalações de pardais.

“Vai ter uma boa mexida naquela área. É o início de uma evolução urbana para a Freguesia”, disse.

O executivo explica que o shopping atrairá um público mais predominante da classe B, mas com potencial para atrair também classes C e A, num “forte mix”. Serão seis salas de cinema, uma sala de teatro, área de lazer ao ar livre com tirolesa, priorizando o contato com a natureza.

“O projeto arquitetônico e o acabamento são classe A”, disse.

A área total do terreno é 650 mil metros quadrados, e a área do shopping, 360 mil metros quadrados. O shopping será horizontal, com 450 metros de extensão, e três andares.

Por conta de acordos de confidencialidade, Nigri não divulga o investimento no empreendimento nem parcerias, mas adianta que uma das principais instituições financeiras está no projeto e que já está quase fechada a negociação com a futura operadora do shopping.
 O lançamento do projeto será no fim de 2015 com obras previstas para o início de 2016. O shopping deve ser entregue ao bairro no fim de 2017.

“Queremos dar esse presente de Natal”, disse Nigri.

 


g1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/2015/04/freguesia-na-zona-oeste-do-rio-tera-shopping-em-area-de-

Selecione o imóvel de seu interesse: